Em linhas gerais, no ambiente corporativo, cultura diz respeito a um conjunto de práticas, simbologias, hábitos, normas e comportamentos adotados por uma empresa. Desse modo, a importância da cultura organizacional é enorme, pois a forma como se lida com essas questões pode interferir diretamente na eficiência. As pessoas se tornam mais eficientes, focadas e trabalham melhor, quando estão motivadas e inseridas nesse contexto.

Grandes empresas procuram constantemente disseminar uma cultura organizacional forte entre seus colaboradores, e isso também é implantado de forma cada vez mais frequente no segmento hospitalar.

A todo o momento, os profissionais de saúde estão expostos a diversas situações que podem desestimulá-los e afetar diretamente a sua produtividade e eficiência. Cabe à gestão da unidade procurar formas de manter esses colaboradores em sintonia, valorizando-os e reforçando a ideia da integração de toda a equipe.

Quer saber mais sobre a importância da cultura organizacional em hospitais? Continue lendo e descubra!

Quais as vantagens de investir na cultura organizacional?

A cultura corporativa sempre foi importante, muito embora isso fosse menos reconhecido antigamente. Hoje, se tornou um ponto central de discussão para pesquisadores, empreendedores e gestores. É um tema vivo, pois reúne uma série de fatores de influência, que são continuamente transformados e evoluídos.

Algumas pessoas pensam que a cultura da empresa seja algo que exista por si só, não podendo ser controlado. Quem pensa assim, normalmente não reconhece os benefícios que uma cultura bem gerida pode trazer. Há enormes retornos no investimento para a melhoria das práticas organizacionais.

Entre eles, colaboradores que sabem o que precisa ser feito, sem a necessidade de receber ordens o tempo todo. Também, que agem de forma ética e dentro dos limites exigidos pela alta direção. Ainda, pessoas que defendem os interesses dos negócios e que lutam por seus objetivos, na medida em que acreditam e compactuam com seus propósitos. Assim, uma boa definição de cultura diz que ela é o que acontece quando não há nenhum chefe supervisionando o trabalho das pessoas.

Perceba como isso é imprescindível no segmento hospitalar. Médicos, enfermeiros e técnicos lidam diretamente com os pacientes e tomam decisões, o tempo todo. Eles precisam prezar pelo bem-estar das pessoas, agindo de maneira correta e em conformidade com as normas e regulamentos. Eles são os responsáveis por grande parte da garantia da qualidade e da satisfação daqueles que são atendidos.

Ao reconhecer a importância da cultura organizacional e investir nele, sua instituição poderá vivenciar diversos benefícios.

Melhoria nos níveis de produtividade

Os colaboradores tendem a ser mais produtivos quando se sentem valorizados. Quem trabalha para uma empresa quase sempre está disposto a se esforçar mais quando percebem que há reconhecimento naquilo que fazem.

Isso ajuda a elevar o grau de motivação individual e coletivo, dando um impulso para o aumento da produtividade. Quanto mais conectado um funcionário sentir à sua organização, melhor será o seu desempenho. Isso é fundamental na área da saúde, tendo em vista que a busca pela rentabilidade não pode deixar de lado a qualidade.

Ajuda a recrutar e reter melhores talentos

Já parou para pensar porque alguns hospitais conseguem contar com profissionais mais capacitados? Normalmente, a primeira coisa que vem à cabeça é que elas oferecem melhores salários. Contudo, na prática, não é apenas isso. Os benefícios, as possibilidades de aprendizado constante e de evolução na carreira, bem como o clima no ambiente de trabalho contam muito.

É fato que as pessoas buscam saber como é trabalhar na instituição, antes de aceitarem as propostas. Quando os seus colaboradores atuais estão satisfeitos, eles passam a indicar seu hospital. Quem tem culturas organizacionais tidas como excelentes, tem fortes possibilidades para conseguir atrair os grandes talentos disponíveis e, também, para fazer com que aqueles que já fazem parte do quadro queiram permanecer.

Diferencia a instituição e faz com que se torne referência

O atendimento aos pacientes é um ponto fundamental que deve ser observado, pois ele influenciará diretamente na construção da imagem do seu hospital. Por que as pessoas procuram uma instituição em vez de outra? Na área da saúde, questões como confiança nos serviços prestados, cuidado humanizado e rapidez na entrada são primordiais para definir a preferência dos usuários.

Ao investir na cultura, você contará com funcionários que buscarão constantemente oferecer melhores atendimentos e experiências para os pacientes. Isso causará grandes impactos no faturamento, beneficiando as finanças da instituição.

Como implantar a cultura organizacional em um hospital?

implantação de uma cultura organizacional coesa dentro de uma unidade hospitalar passa pelas questões básicas presentes no planejamento estratégico de qualquer empresa: visão, missão e valores, além dos objetivos gerais e específicos. Considerando esses pontos, bem como tendo em vista o tipo de serviço prestado e como o hospital deseja oferecê-lo, devem ser criadas normas que serão seguidas na unidade.

No geral, o setor de Recursos Humanos é o responsável por implantar tais valores organizacionais. Entre alguns aspectos, sua implantação tem a ver com:

  • o processo seletivo de novos colaboradores, para que se adéquem à cultura do hospital;
  • o treinamento das práticas adotadas e o acompanhamento do desenvolvimento desses profissionais;
  • a adoção de políticas de segurança;
  • a evolução da carreira dos funcionários, incluindo planos de cargos, salários e benefícios.

Quais ferramentas podem auxiliar nesse processo?

Para a implantação dessas variáveis e a correta assimilação da importância da cultura organizacional por todos os colaboradores de um hospital, é necessário que os gestores tenham controle integrado de todos os processos que ocorrem na unidade.

Sendo assim, a implementação de um sistema de gestão hospitalar facilitará e dará mais eficiência às tomadas de decisão administrativas. Ao acompanhar como funciona cada processo dentro da unidade de saúde e utilizar como base os KPI’s (indicadores de desempenho) previstos no planejamento estratégico, é possível definir quais estratégias e equipes têm um desenvolvimento satisfatório ou não. Portanto, pode-se realizar mudanças em táticas não eficientes ou investir nas que demonstram melhor êxito.

É importante lembrar de que a utilização de um software de gestão hospitalar demanda a consideração de questões imprescindíveis, como a relação custo-benefício, a contratação de equipe especializada e o ROI da solução para a unidade, bem como a própria reputação da empresa fornecedora. Entretanto, fazendo uma boa escolha do seu fornecedor, é certo que a implementação trará um grande avanço no nível de qualidade dos serviços.

Agora, que você sabe qual é a importância da cultura organizacional para o seu hospital, considere a possibilidade de aliá-la a um bom sistema de gestão. Com essa solução em mãos, será possível impactar positivamente na eficiência e na produtividade dos seus colaboradores, melhorando, de forma considerável, a sua gestão.

Gostou do nosso post? Então, assine nossa newsletter e receba outras atualizações, em primeira mão, diretamente no seu e-mail!

Powered by Rock Convert