O mundo tem passado por importantes transformações nos últimos anos. Durante muito tempo, as melhorias em processos eram pontuais e aconteciam lentamente. Agora, tudo muda rapidamente principalmente em virtude dos avanços tecnológicos.

No setor hospitalar, não é diferente. A era digital chegou para ficar e, certamente, o centro cirúrgico de sua instituição está incluído nessa onda.

Confira neste artigo como fazer para adequar seu ambiente a essa nova realidade, descobrindo a importância de se inserir nesse contexto tecnológico e quais são as principais medidas que você precisa observar para fazer isso acontecer! Acompanhe.

Como é a medicina do futuro?

A tecnologia tem transformado profundamente a forma como entendemos a medicina. Os avanços são inúmeros. Hoje conhecemos materiais que curam doenças com muito mais efetividade e que, até bem poucos anos atrás, sequer supúnhamos suas aplicações. Médicos conseguem fazer cirurgias utilizando robôs, tornando os procedimentos muito menos invasivos e com menores chances de complicações.

Uma enormidade de inovações digitais vem revolucionando os serviços de saúde. Diversas questões médicas, como a insuficiência cardíaca, o diabetes ou mesmo a alergia a certos medicamentos, hoje em dia podem ser pesquisadas de maneira muito mais eficaz, trazendo soluções que antes não eram nem imaginadas.

Hoje podemos utilizar a impressão 3D para construir próteses muito mais adequadas e ajustadas às necessidades do paciente, sendo usada na reprodução de ossos ou outros órgãos do corpo humano. Esses modelos também estão sendo utilizados para fazer simulações e testes antes de submeter pessoas às cirurgias de fato.

Sistemas automatizados e a tecnologia da informação nos permitem ter acesso a uma quantidade de dados cada vez mais precisos. E, como se sabe, informação é o novo ouro, principalmente no setor de saúde. Quanto mais se sabe a respeito de uma enfermidade em um contexto ou mesmo sobre o registro de um paciente em específico, melhores serão as possibilidades de tratamento.

Falamos no uso de aplicativos para dispositivos móveis. No setor de saúde, isso tem feito muita diferença. Médicos e pacientes estão descobrindo novas maneiras de usar a tecnologia para monitorar a saúde pessoal. Atualmente, é possível rastrear padrões diários de sono, contar calorias, pesquisar opções de tratamento e até monitorar a frequência cardíaca.

Também é possível fazer o monitoramento remoto de pacientes, fazendo com que a medicina moderna possa chegar a lugares cada vez mais longínquos. Os sistemas podem ser usados ​​pelos pacientes no conforto de suas casas para reduzir o tempo e o custo financeiro de visitas recorrentes ao médico.

Ao usar um pequeno dispositivo projetado para medir um problema de saúde específico, os médicos podem analisar os dados de um paciente remotamente, sem a necessidade deles irem ao hospital.

O que fazer para se adequar à era digital?

Uma vez que o cenário é de evolução constante, sua instituição não pode ficar para trás. Os avanços tecnológicos distanciam, e muito, os hospitais que implantam essas novidades daqueles que permanecem funcionando de forma analógica. É de fundamental importância fazer essas adequações para garantir a produtividade e a lucratividade de sua instituição e se manter competitivo nesse setor que recebe cada vez mais investimentos. Veja algumas delas a seguir.

Powered by Rock Convert

Utilize softwares de gestão

Quando falamos em tecnologia, sem dúvidas, os sistemas de gestão são uma parte muito importante. No contexto do setor de saúde, esse tipo de software é destinado a lidar com as rotinas do dia a dia das práticas médicas.

Permitem que os usuários capturem informações demográficas de pacientes, agendem cirurgias, mantenham listas de clientes atualizadas, executem tarefas administrativas e gerem relatórios. Ao utilizar esses dispositivos, sua instituição avança bastante em monitoramento e controle, propiciando melhores resultados e otimizando todas as suas atividades, incluindo a utilização do centro cirúrgico.

Além disso, ao implantar um sistema de gestão, você garante maior confiabilidade e eficiência na administração das informações, tanto nas que dizem respeito ao hospital, como às relacionadas aos estoques de materiais e medicamento ou dados financeiros, mas também em relação ao registro histórico de seus pacientes.

Invista em inteligência artificial

Um dos principais problemas que podemos observar é a subutilização do centro cirúrgico. Há muita ociosidade devido ao planejamento incorreto da ocupação dos espaços, o que gera um custo altíssimo para as instituições.

As ferramentas de inteligência artificial permitem mapear as tendências de demandas e necessidades, fazendo com que seja possível melhorar a utilização dos leitos de forma a prestar um serviço de maior qualidade, ao mesmo tempo em que se preservam as margens de lucro do hospital. Por exemplo, quando se investe no pré-agendamento das cirurgias, todo o planejamento pode ser feito de forma a otimizar esse importante recurso.

Treine suas equipes

O treinamento é um processo pelo qual os indivíduos são ajudados a aprender uma habilidade ou técnica. O progresso na era digital atual enfatiza a necessidade de que as pessoas sejam treinadas para aproveitar melhor todos os benefícios promovidos.

Sem dúvidas é necessário fazer esse investimento. Afinal, de nada adianta ter acesso aos recursos se não souberem utilizar. Todos os funcionários administrativos, médicos, enfermeiros e demais relacionados devem compreender quais são as possibilidades trazidas pela implantação das ferramentas digitais, fazendo com que toda a gestão da instituição aconteça organicamente e de modo simplificado.

Melhore a conectividade

As plataformas digitais redefiniram a esfera social e as novas tecnologias têm tornado mais fácil o processo de conexão entre os médicos, para compartilhar informações, e também entre instituições e pacientes. Novos aplicativos chegaram ao mercado, permitindo que os médicos publiquem descobertas recentes e iniciem conversas em seus dispositivos móveis, o que reduz o tempo necessário para entrar em contato com os colegas.

Esses dispositivos também permitem um contato mais direto com os pacientes, fazendo com que o cuidado possa ser dado de maneira mais intensiva, mesmo com custos menores.

Conte com parceiros conceituados

Embora a era digital tenha chegado com força ao setor hospitalar, é bastante comum ver que as pessoas, principalmente os gestores, ainda têm dificuldades de adaptação às novidades. Para resolver essa questão, é primordial contar com empresas de renome, que podem implementar essas ferramentas tecnológicas e dar todo o apoio necessário, principalmente na fase de transição.

A Intelectah é uma empresa voltada aos processos de solicitação e aprovação de cirurgias. Com certeza, isso está entre as atividades mais importantes quando falamos em adequar o centro cirúrgico de sua instituição à era digital.

Por isso, fale com um de nossos consultores e descubra agora mesmo como tornar a utilização de seu bloco cirúrgico mais eficiente!

Powered by Rock Convert